Entenda Como Abrir um Brechó

compartilhe

Foto de um brechó repleto de uma mistura eclética de roupas usadas. A imagem é composta por prateleiras repletas de uma variedade de peças: vestidos vintage, jeans usados, camisetas retrô e jaquetas de couro, cada uma com sua própria história. A loja é pouco iluminada por luzes antigas, que lançam um brilho quente e convidativo sobre o piso de madeira e os tapetes coloridos e estampados espalhados por toda parte. As prateleiras e mesas estão cheias de acessórios como chapéus, cachecóis e joias, o que aumenta o charme caótico. É uma foto que retrata exatamente o que uma pessoa pensa ao refletir sobre como abrir um brechó.

Entender como abrir um brechó tornou-se um interesse crescente para muitos empreendedores, movidos não apenas pela possibilidade de lucro, mas também pelo apelo de contribuir para um consumo mais consciente e sustentável.

De acordo com a Agência Brasil, em maio de 2023, o setor de brechós vivenciou uma expansão bilionária tanto no Brasil quanto no mundo, impulsionada por uma série de fatores como o consumo consciente, a produção sustentável, a recessão econômica e as mudanças de hábito trazidas pela pandemia.

Portanto, compreender como abrir um brechó envolve mais do que simplesmente vender produtos de segunda mão; trata-se de engajar-se em uma economia circular, promover a sustentabilidade e atender a uma demanda crescente por parte de consumidores conscientes.

Continue lendo para entender mais!

Banner com a escrita "monte sua loja com a comac" e uma chamada para ação para entrar em contato em um fundo um pouco cinza e uma foto de uma loja de roupas na lateral.

O que é um Brechó?

Um brechó é um estabelecimento comercial que se dedica à venda de roupas, acessórios, móveis e objetos usados. Em muitos casos, esses itens são vintage ou de segunda mão, o que significa que já foram previamente possuídos e usados por outras pessoas antes de serem disponibilizados para venda novamente.

Quais são os tipos de brechó que existem?

Os brechós podem ser classificados em diferentes tipos, cada um com suas características e público-alvo específicos. Aqui estão alguns dos tipos mais comuns de brechós:

  • Brechós Tradicionais: São aqueles que operam em espaços físicos, como lojas ou mercados, e oferecem uma variedade de itens usados, incluindo roupas, acessórios, móveis e objetos decorativos. Esses brechós costumam ter um ambiente característico, com uma decoração que remete ao passado ou a uma estética vintage.
  • Brechós de Luxo: Especializam-se na venda de itens de marcas famosas e de alta costura, geralmente em excelente estado de conservação. Esses brechós atraem consumidores interessados em adquirir peças de grife por uma fração do preço original.
  • Brechós de Nicho: Focam em categorias específicas de produtos, como roupas infantis, artigos esportivos, livros, discos de vinil, ou itens de época específicos (por exemplo, roupas dos anos 70). Esses brechós atendem a públicos com interesses particulares.

Dessa maneira, podemos afirmar que essa diversidade de possibilidades não só democratiza o acesso à moda e a itens de segunda mão, mas também promove uma cultura de consumo mais sustentável e consciente.

Como abrir meu próprio Brechó?

Se você está pensando em abrir seu próprio brechó, aqui vai um guia passo a passo para te ajudar a transformar essa ideia em realidade:

1. Defina o Modelo do Seu Negócio

É essencial que você dedique um tempo para definir o modelo do seu negócio. Isso envolve entender o tipo de brechó que você quer abrir, nicho, se for o caso de ser algo mais específico, o público-alvo que deseja atender e como você planeja operar, seja online, fisicamente ou ambos.

Dica: Realize uma pesquisa de mercado detalhada. Dedique tempo para investigar as tendências atuais do mercado de brechós, entender o que os consumidores estão procurando e identificar áreas pouco atendidas.

Pronto para dar o próximo passo na criação do seu próprio brechó? Aprofunde seu conhecimento e refine sua estratégia de negócios com nosso guia completo “Como Começar um Negócio do Zero”. Clique aqui para descobrir estratégias essenciais, dicas práticas e insights valiosos que vão te ajudar a transformar sua visão em sucesso.

2. Elabore um Plano de Negócios

Elaborar um plano de negócios é um passo fundamental para qualquer negócio. Este documento não só serve como um roteiro para iniciar e gerenciar seu negócio de maneira eficaz, mas também é crucial para buscar financiamento ou investidores. Ele detalha tudo, desde sua visão, missão, análise de mercado, estratégias de marketing até projeções financeiras, oferecendo um panorama completo do seu empreendimento.

Dica: Priorize a clareza e a objetividade. Um plano de negócios eficaz é aquele que comunica sua visão claramente, sem deixar dúvidas sobre o objetivo do seu brechó e como você planeja alcançá-lo. Utilize dados de mercado para embasar suas afirmações e certifique-se de incluir uma análise SWOT (Strengths, Weaknesses, Opportunities, Threats) para demonstrar que você tem um entendimento profundo tanto do seu negócio quanto do mercado em que está entrando.

3. Registre Seu Negócio

Registrar o seu negócio é um passo que garante a legalidade e a proteção do seu empreendimento de brechó. Este processo pode variar significativamente dependendo do local onde você está estabelecendo o negócio, então é crucial entender as especificidades locais.

Além de legitimar sua operação perante as autoridades, o registro do negócio também abre portas para benefícios adicionais, como acesso a financiamentos, contas empresariais em bancos, e uma maior confiança por parte dos clientes.

Dica: Converse com um advogado ou um contador. Procure orientações específicas sobre como registrar o seu negócio, incluindo a melhor forma de iniciar.

4. Obtenha os Produtos

Depois de definir o modelo do seu negócio de brechó e elaborar um plano de negócios sólido, o próximo passo crítico é obter os produtos que você pretende vender. Esta etapa é fundamental, pois a qualidade e a variedade do seu estoque podem definir o sucesso do seu empreendimento. Para garantir que você inicie com o pé direito, é importante adotar uma estratégia eficaz para adquirir itens que atraiam seu público-alvo.

Dica: Estabeleça uma rede de fornecedores confiáveis. Ao iniciar um brechó, pode ser tentador aceitar qualquer item que venha até você, mas é vital ser seletivo e construir relações com fornecedores que possam fornecer peças de qualidade consistentemente. Isso pode incluir desde indivíduos que estejam desapegando de itens pessoais até parcerias com outras lojas que possam ter excesso de estoque. Uma excelente maneira de começar é participar de grupos de vendas locais em redes sociais.

5. Prepare um Espaço Físico e Crie um Site ou Página

Uma vez que tenha registrado seu negócio e adquirido os produtos, o próximo passo crucial é preparar um espaço físico para o seu brechó, além de criar uma presença online por meio de um site ou página em redes sociais. Esta etapa é vital para criar uma experiência de compra atraente para seus clientes e estabelecer uma presença de marca sólida e reconhecível.

Dica: Otimize a experiência do cliente tanto no espaço físico quanto online. No espaço físico, isso significa criar um ambiente acolhedor e organizado, onde os clientes possam facilmente navegar e experimentar os produtos. Invista em uma boa iluminação, expositores atrativos e sinalização clara. Para o site ou página online, assegure-se de que o design seja intuitivo, os produtos estejam bem categorizados, e que o processo de compra seja simples e seguro. Use fotos de alta qualidade e forneça descrições detalhadas dos itens.

Quer garantir que seu brechó tenha uma presença marcante? Descubra como decorar uma loja para criar um ambiente que encante seus clientes. Clique e saiba mais.

6. Faça a Precificação

Definir a precificação dos itens em seu brechó é mais do que simplesmente colocar um preço em uma etiqueta. É um processo estratégico que deve refletir o valor, a qualidade, a raridade dos itens e, ao mesmo tempo, ser atraente para o seu público-alvo. A maneira como você precifica os produtos pode influenciar diretamente a percepção da sua marca e a decisão de compra dos clientes.

Dica: Utilize a estratégia de precificação baseada em valor. Esta abordagem vai além do custo do item e considera o valor percebido pelos seus clientes. Além disso, considere a parte de psicologia de precificação.

7. Foque no Atendimento ao Cliente

O atendimento ao cliente é crucial em qualquer negócio, mas em um brechó, onde cada peça pode ter uma história única e as expectativas dos clientes podem variar bastante, oferecer um atendimento excepcional é ainda mais importante. Um bom atendimento pode transformar visitantes em compradores fiéis e promotores da sua marca.

Dica: Personalize a experiência do cliente. Neste tipo de negócio, onde cada item é único, a personalização pode se tornar um diferencial competitivo poderoso. Tente conhecer seus clientes pelo nome, lembre-se de suas preferências e antecipe suas necessidades.

8. Promova Seu Negócio

A promoção é um elemento vital para o sucesso de qualquer brechó. Ela ajuda a aumentar a visibilidade, atrair novos clientes e manter um relacionamento com os atuais. No entanto, com tantas estratégias disponíveis, é importante escolher aquelas que melhor se alinham ao seu público-alvo e objetivos de negócio.

Dica: Compartilhe histórias e integre seus valores em todas as comunicações. Histórias são ferramentas poderosas para transmitir mensagens de forma memorável e emocionante. Além disso, quando seu propósito está alinhado com os valores dos seus clientes, cada interação se torna uma oportunidade de reforçar essa conexão.

Seguindo estes passos com atenção e dedicação, estarás no caminho certo para abrir e gerenciar um brechó de sucesso.

O que eu preciso para abrir um brechó?

Abrir um brechó envolve uma série de passos legais que são fundamentais para o sucesso e a sustentabilidade do seu empreendimento. Aqui está uma lista abrangente para orientá-lo através deste processo:

  1. Registro de Empresa: Primeiramente, você precisará registrar seu negócio como pessoa jurídica. Isso pode ser como Microempreendedor Individual (MEI), Sociedade Limitada (Ltda.), entre outras formas. Cada tipo tem suas próprias vantagens, limitações e obrigações fiscais.
  2. CNPJ: Após decidir a natureza jurídica do seu negócio, será necessário obter um CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica). Este é um passo crucial para formalizar sua empresa perante os órgãos governamentais.
  3. Alvará de Funcionamento: Para operar legalmente, seu brechó precisará de um alvará de funcionamento da prefeitura local. Os requisitos podem variar dependendo do município, então é importante verificar as especificações da sua área.
  4. Registro na Junta Comercial: Este registro é necessário para validar o nome do seu negócio e garantir que ninguém mais possa operar com o mesmo nome na sua jurisdição.
  5. Inscrição Estadual e Municipal: Necessárias para a emissão de notas fiscais e para o recolhimento de impostos como ICMS e ISS, respectivamente.

Lembrando que cada país e região pode ter especificidades legais diferentes, então é importante consultar um contador ou advogado especializado para garantir que todos os requisitos sejam adequadamente atendidos.

Qual MEI para Brechó?

Para abrir um brechó como Microempreendedor Individual (MEI), o CNAE adequado é 4785-7/99 – Comércio varejista de outros artigos usados.

Quais são os móveis necessários para montar um brechó?

Para montar um brechó, você pode considerar os seguintes itens essenciais:

Araras para Loja

Essenciais para expor roupas de forma organizada e acessível, as araras permitem que os clientes visualizem e escolham as peças com facilidade. Opte por modelos que melhor se encaixem no espaço disponível, como araras de chão, araras de parede ou araras de centro.

Existem vários tipos de arara e no blog da Comac você pode encontrar alguns artigos explicando melhor cada um deles. Um exemplo deles é o artigo que fizemos especificamente sobre arara de parede cromada, no qual apontamos os benefícios, quando é indicada e muito mais! Clique aqui para conferir o conteúdo na íntegra.

Cremalheiras

Versáteis e ajustáveis, as cremalheiras são ótimas para aproveitar o espaço vertical do seu brechó. Elas permitem uma ampla variedade de configurações para pendurar roupas e acessórios, facilitando a organização e a exposição de diferentes tipos de itens.

Expositores de Calçados

Para um brechó que também vende calçados, expositores específicos para sapatos são fundamentais. Eles não apenas ajudam a manter o espaço organizado, mas também destacam os produtos, tornando-os mais atraentes para os clientes.

Painéis Expositores

Úteis para pendurar e expor uma variedade de itens, os painéis expositores podem ser utilizados para criar displays temáticos ou destacar peças especiais. Eles também são eficazes para otimizar o uso das paredes do seu espaço.

Cabides

Investir em cabides de qualidade é crucial para a apresentação das roupas. Cabides uniformes oferecem um visual limpo e organizado, melhorando a experiência de compra do cliente.

Balcões

Um balcão caixa é necessário para realizar as vendas, guardar dinheiro e outros itens importantes. Além disso, balcões adicionais podem ser usados para expor acessórios ou itens menores, como bijuterias.

Prateleiras e Estantes

Para itens que não podem ser pendurados, como livros, discos de vinil ou peças de decoração, prateleiras e estantes são indispensáveis. Elas ajudam a manter o espaço organizado e facilitam a visualização dos produtos pelos clientes.

Provadores

Se o espaço permitir, provadores são uma excelente adição ao seu brechó, permitindo que os clientes experimentem as roupas antes de comprar. Isso pode aumentar significativamente a satisfação do cliente e reduzir o número de devoluções.

Não sabe por onde começar? A Comac criou alguns conjuntos de móveis para loja de roupas que podem transformar sua loja de roupas em um espaço único e convidativo, onde cada detalhe é pensado para realçar a beleza e a qualidade dos seus produtos! Clique aqui e saiba mais.

Lembre-se de escolher móveis que não só atendam às suas necessidades funcionais, mas que também reflitam o estilo e a atmosfera que você deseja criar em seu brechó. A decoração e a disposição dos móveis podem contribuir significativamente para a experiência geral de compra do cliente.

Qual o lucro de um brechó?

O lucro de um brechó pode variar bastante, mas é possível atingir uma margem considerável, próxima ou até superior a 20% devido ao custo mais baixo das peças vendidas, que geralmente são de segunda mão.

O que mais vende em um brechó?

O que mais vende em um brechó são roupas novas, semi novas e usadas, tanto masculinas quanto femininas e infantis.

Quais os itens mais procurados em um brechó?

Podemos considerar que os itens mais procurados em um brechó são:

  1. Roupas Vintage e Retrô: Peças que refletem estilos de décadas passadas, especialmente dos anos 60, 70, 80 e 90, costumam ser muito procuradas por sua unicidade e apelo nostálgico.
  2. Artigos de Marca de Luxo: Bolsas, sapatos, roupas e acessórios de marcas renomadas, especialmente se oferecidos a preços acessíveis, atraem compradores que buscam qualidade e status por menos.
  3. Roupas Infantis: Como crianças crescem rápido, muitos pais preferem comprar roupas usadas em bom estado para economizar.
  4. Livros, Discos de Vinil e Coleções: Itens colecionáveis, livros raros ou edições especiais, e discos de vinil são altamente desejados por colecionadores e entusiastas.
  5. Móveis e Decorações Vintage: Peças de mobiliário e decorações que oferecem um toque retrô ou rústico para a casa também são populares, especialmente se forem únicas ou de difícil obtenção.

 A chave para maximizar as vendas em um brechó é entender seu público-alvo e adaptar o estoque às suas preferências, mantendo uma boa variedade de itens interessantes e em bom estado.

Neste guia de como abrir um brechó, exploramos desde a concepção inicial do negócio, passando pela obtenção dos produtos, até estratégias de precificação e promoção. Agora, é com você.

Se você gostou ou se este conteúdo te ajudou, deixe nos comentários!

Sobre a Comac

Fundada em 24 de setembro de 1984 na charmosa cidade de Cianorte, Paraná, a Comac evoluiu com o compromisso de agregar valor, qualidade e bom gosto às lojas de comerciantes que atende.

Dessa maneira, com mais de 30 anos de experiência, a Comac se consolida como uma marca que preza pela excelência no que produz e pelo comprometimento no que oferece. Seja para o seu escritório ou para a sua loja, temos a solução perfeita para você.

Venha fazer parte da nossa história e descubra o que é ser COMAC.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ARTIGOS RELACIONADOS

Foto de um brechó repleto de uma mistura eclética de roupas usadas. A imagem é composta por prateleiras repletas de uma variedade de peças: vestidos vintage, jeans usados, camisetas retrô e jaquetas de couro, cada uma com sua própria história. A loja é pouco iluminada por luzes antigas, que lançam um brilho quente e convidativo sobre o piso de madeira e os tapetes coloridos e estampados espalhados por toda parte. As prateleiras e mesas estão cheias de acessórios como chapéus, cachecóis e joias, o que aumenta o charme caótico. É uma foto que retrata exatamente o que uma pessoa pensa ao refletir sobre como abrir um brechó.
Dicas para Negócios

Entenda Como Abrir um Brechó

Entender como abrir um brechó tornou-se um interesse crescente para muitos empreendedores, movidos não apenas pela possibilidade de lucro, mas também pelo apelo de contribuir para um consumo mais consciente e sustentável.

Continuar Lendo

Fique por dentro das novidades

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.